LEVANTAMENTOS DOCUMENTAIS COMO PROVA

Este tipo de Levantamento requer o uso de equipamentos tipo: câmeras fotográficas, filmadoras, foto copiadoras, scanners e as vezes até análises de peritos.
Nas falsificações e adulterações de documentos os fraudadores na sua maioria forjam grosseiramente os papéis. Porém, existem os profissionais muito bem equipados, que sem um Levantamento completo é impossível detectar a fraude.
Para iniciar um Levantamento sobre documentação, primeiro é preciso identificar a origem do documento (órgão expedidor) e checar se a numeração é verdadeira. A partir dessas informações, se confronta esse documento com pessoas, bens e objetos.
Numa Investigação Documental um só documento poderá levar o Investigador a uma série de outros.
Cadernos, anotações e rascunhos poderão fazer conexão entre documentos e informações.
As anotações, tipos de documentos e todo o material recolhido devem ser guardados de forma que facilite a busca dos mesmos. A Investigação Documental não tem volume certo, ela poderá levar dias, meses ou até anos. A quantidade de material recolhido pode ser imprevisível.

• Papéis queimados e não desfeitos contem marcas de escritas quase invisíveis, mas que podem ser percebidas.
• Pedaços de papéis picados devem ser guardados, e se encontrados mais pedaços poderão ser montados.
• Para se certificar da assinatura de uma pessoa basta recolher de 03 a 05 documentos diferentes assinados pela mesma e comparar as assinaturas entre si com lente de aumento.

É necessário entender cada documento, suas utilidades, origem, se tem marcas especiais, órgão emissor, etc.

Com bons contatos e números de documentos o Investigador conseguirá uma série de informações sobre pessoas, bens e situações diversas.

* Quando possível, se deve fotocopiar esses documentos e montar um dossiê para simples consulta, pistas ou provas.

  1. RG (Identidade) – Fornecerá nome completo, impressões digitais, datas de nascimento, origem, idade e filiação.
  2. CPF (Receita Federal) – Fornece uma enorme quantidade de informações desde nome completo, endereços, bens pessoais, declaração de imposto de renda e outros.
  3. CNH (DETRAN) – Trás o nome completo, tipo sanguíneo, data de nascimento, etc.
  4. CTPS (Carteira de Trabalho) – Profissão, situação trabalhista, salários, cargos, empresas em que trabalhou e onde trabalha atualmente.
  5. CNPJ (Junta Comercial) – Uma séria de informações sobre a empresa e seus sócios.
  6. IPTU (Prefeitura) – Tudo sobre o imóvel, qual o seu proprietário, localização, endereço, etc.
  7. CERTIDÃO DE NASCIMENTO – Fornece data e local de nascimento, filiação, detalhes da genealogia, etc.
WhatsApp